Adaptação entre gatos



Adotar um gato é muito legal, 2 é melhor ainda!
Você está inseguro para adotar um novo felino, humano?
Não sabe se seu antigo gato vai se dar bem com o novo gato?
Será que eles vão brigar?
Será que seu antigo gato vai mudar de comportamento?


Fica tranquilo, humano!
Preparei algumas dicas para você fazer uma adaptação mais tranquila entre seu gato mais velho e o gato novo que vai chegar!


1 -  Separe os ambientes


Se você acabou de adotar um novo gato e já tem um gato habitando aquele território, é muito importante que você não coloque os dois frente a frente no mesmo instante, porque certamente vai rolar atrito (mais conhecido como FUUUZZZ) e quanto menos estresse, melhor. 


Ou seja, escolha um cômodo (que não seja o preferido do gato veterano) e acomode o novo integrante por um período que vai ser determinado com base na socialização dos dois gatos. 


Deixe que os gatos sintam o cheiro um do outro pela porta do cômodo ou então, para ajudar, indico que você pegue a mantinha (ou qualquer paninho) que estava com o gato novo, deixe com o gato veterano e vice e versa. Isso vai ajudar os dois a pelo menos conhecerem o cheiro um do outro. 


Outra dica: escove os dois gatos com a mesma escova!  Isso ajuda muito a conhecer o cheiro um do outro e também ajuda a acostumar com aquele novo cheiro no ambiente.   


2 - Associação positiva 


O próximo passo é mais arriscado, mas se você fizer direitinho pode dar certo! Coloque os dois gatos para comer perto um do outro, atrás da porta, por exemplo. 


Assim você vai ajudar a associar a hora da comida com o cheiro do outro gato,  consequentemente associando aquele cheiro a uma coisa boa. 


“Ah, Chico, mas como eu sei que os dois estão se dando bem?” 


Olha, humano, se os dois gatos estão comendo ali perto um do outro tranquilos, isso já é um bom sinal, viu? 


3 - Apresentação


Se a alimentação estiver fluindo bem, talvez seja o momento dos dois finalmente se verem, momento tenso, mas pode dar certo. 


Deixe os gatos se olharem por alguns segundos, talvez vá rolar um breve FUZ, se você notar que está gerando muito estresse, separe os dois e deixe esse contato visual para outra hora. 


O que pode ajudar bastante é associar a presença um do outro com coisas boas, por exemplo: quando os dois gatos estiverem juntos, dê petiscos, brinque com os dois ao mesmo tempo, isso ajuda bastante.


4 - Explorando o ambiente


Se você notar que isso tudo tá rolando numa boa, posso dizer que seus gatos já estão se dando bem!

Pode soltar os dois pela casa, mas nesse comecinho é melhor que seja com a sua supervisão. É sempre bom dar uma monitorada nos primeiros contatos, se tudo estiver rolando bem, sem brigas, tufos de pelo e agressão, eu tenho uma ótima notícia para te dar: seus gatos socializaram e vão conviver bem. Daqui a pouco você vai se deparar com duas bolinhas dormindo juntas no sofá e vai ser uma cena linda, prepare-se. 


É importante ressaltar que as vezes somos muito territorialistas e a presença de um outro gato, pode realmente não ser nada agradável.


Nesse caso, talvez você precise de um especialista em comportamento felino para te ajudar nessa integração, mas não é nada impossível, viu? Basta seguir o passo a passo corretamente, que vai dar tudo certo. 


Vale lembrar também que não existe um tempo exato de adaptação. Siga as dicas acima por quanto tempo for necessário, isso pode levar 3 semanas ou 3 meses, vai depender de cada gato e do quão persistente você for na adaptação, humano!


Pronto! Agora que você já sabe como fazer uma adaptação corretamente, você pode aumentar a sua família de felinos com segurança! 


Ronrons,
Chico
CEO - Cansei de ser gato 

Compartilhe:

Postar um comentário

Cansei de Ser Gato - Blog. Designed by OddThemes. Implantado por Consultor Net.