Obesidade felina, como identificar e tratar?


Salve, humanidade! No texto de hoje eu vou falar sobre um tema um tanto quanto interessante e polêmico: obesidade felina. 


Alguns humanos podem até dizer que gato bom é gato gordo, mas por trás dessas “gostosuras” podem existir alguns perigos para a saúde do felino. 


1º A obesidade pode atingir até 30% da população mundial de gatos. 

A obesidade em gatos pode atingir 25% a 30% da população felina, aproximadamente. Diferentemente dos cães, os gatos têm uma vida menos ativa e a obesidade pode simplesmente acontecer sem que você perceba, quando você for notar de verdade, pode ser tarde demais e seu gato já estará rolando pela casa. 


2º Como saber se seu gato está obeso

Existem algumas técnicas para identificar se o seu gato está com uns quilinhos a mais, o segredo é apalpar e sentir bem de leve as costelas e coluna que devem estar com uma leve massa de gordura. 

Se você não for capaz de sentir esses ossos, significa que seu gato está acima do peso, ou seja, tá na hora de implementar uma dieta na vida do seu felino. Vale ressaltar também que sentir demais os ossos também não é bom sinal, nada em excessos, humanos. 


3º Qual o peso ideal de um gato? 

Não vou afirmar que exista um peso ideal porque depende muito da estrutura corporal do gato, mas vamos dizer que os pesos ideais variam entre 3kg e 6kg. 


4º O que causa obesidade no gato? 

Assim como em vocês, humanos, a maior causa da obesidade felina é a alimentação errada acompanhada da falta de exercícios físicos. 

Algumas rações secas e petiscos podem ter uma grande quantidade de carboidratos, gordura e sódio, que são os verdadeiros vilões por trás das gordurinhas acumuladas na barriga do seu gato. 

Vale lembrar que a idade também influencia bastante nesse fator, conforme seu gato vai ficando velho, consequentemente ele fica mais preguiçoso também. 


5º O que o gato pode desenvolver se estiver obeso? 


O gato pode desenvolver doenças como diabetes, problemas renais, patologias ósseas, articulares e outros diversos problemas.


6º Como tratar a obesidade do gato? 

Após diagnosticar a obesidade, o próximo passo é realizar uma mudança na alimentação. O recomendado é que você consulte o veterinário do seu gato para que ele possa te recomendar uma dieta apropriada. 

Para tirar o seu gato do sedentarismo, o segredo é enriquecer o ambiente, torne a casa mais atrativa para ele explorar e consequentemente gastar mais energia. 


E aí, humano, anotou as dicas? Fique sempre atento ao comportamento do seu gato, se ele for ativo, não se preocupe ele está longe de ficar obeso, agora se ele for mais preguiçoso, a probabilidade já aumenta um pouco, mas nada que não possa ser reversível. 

Ronrons,
Chico
CEO - Cansei de ser gato 

Compartilhe:

Um comentário :

  1. Meu gato é obeso, após a castração ele ficou muito preguiçoso e adquiriu peso. Isso trouxe um grande problema, faz dois anos que ele operou de fecaloma, já fez acupuntura e hidroterapia mas não ajudou na perca de peso. Hoje ele vivi em dieta e toma laxante para ter mais facilidade em evacuar.☹️

    ResponderExcluir

Cansei de Ser Gato - Blog. Designed by OddThemes. Implantado por Consultor Net.